Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Aborto: Lira recua e promete discutir “amplamente” antes de votar projeto, dizem líderes


Líderes partidários afirmaram que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), pisou no freio e deve segurar pelas próximas semanas a votação do projeto de lei que equipara o aborto após as 22 semanas de gestação ao crime de homicídio, inclusive nos casos de mulheres estupradas.

Com isso, é possível que o texto fique para o semestre seguinte e até mesmo possa ser analisado somente depois das eleições municipais, agendadas para outubro. A proposta, no entanto, não é dada como enterrada.

A decisão ocorre após reunião entre Lira e líderes na residência oficial da presidência da Câmara nesta terça-feira (18).

Urgência

O projeto tramita em urgência constitucional desde a semana passada, o que significa que está pronto para ser votado direto em plenário, sem a necessidade de passar por comissões.

Apesar da “pressa” de deputados da bancada evangélica para votar a matéria, Lira deve recuar após repercussão negativa nas redes sociais.
Agora, o presidente da Câmara prometeu aos deputados que “discutirá amplamente” o texto no plenário até que haja consenso para pautar a matéria.

Sem prazo

Deputados ouvidos pela CNN afirmaram que Lira ainda não estabeleceu prazo pra votação do mérito. “Esse prazo não se discutiu na reunião”, disse um parlamentar.

Já a bancada evangélica mantém pressão para que Lira mantenha o acordo firmado na época em que o presidente da casa pleiteava apoio para se reeleger no comando por mais dois anos. A promessa de pautar pautas da agenda de costumes foi relembrada à Lira pelo grupo político nas últimas semanas. Há busca ainda de apoio para o futuro sucessor dele no cargo.

“Ele fez o compromisso que votaria essa matéria. Em algum momento ele trataria essa questão”, disse um parlamentar.

Enquanto não há consenso em torno do projeto, o presidente da Câmara quer ganhar tempo pautando outras matérias de interesse do governo.

Os trabalhos devem focar na regulamentação da reforma tributária e no projeto de lei do programa Acredita, que reestrutura o mercado de crédito. O texto, enviado inicialmente como medida provisória, foi convertido em projeto de lei após negociação com o governo.

Relatoria do projeto

Líderes que participaram da reunião desta terça-feira afirmam que o presidente da Câmara não definiu quem será a relatora do Projeto do Aborto. Lira prometeu, ainda na semana passada, indicar uma parlamentar de perfil moderado.

A deputada Benedita da Silva (PT-RJ) chegou a ser cotada por ser evangélica e ter uma boa interlocução com a bancada. Mas parlamentares bolsonaristas defendem que não deveria ser um nome de direita nem de esquerda. Interlocutores de Benedita afirmam que ela não deve assumir a função.

Parlamentares avaliaram o nome da deputada como uma espécie de estratégia de Lira como uma tentativa de amenizar a repercussão negativa da aprovação da urgência do texto.



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

© 2024 Criado em 2004