Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

EUA pedem que China e Rússia declararem que apenas humanos, e não IA, controlam armas nucleares


Uma autoridade sênior dos EUA pediu nesta quinta-feira (2) que a China e a Rússia correspondam às declarações dos EUA e de outros países de que apenas humanos, e nunca inteligência artificial, tomariam decisões sobre o uso de armas nucleares.

O responsável pelo controle de armas do Departamento de Estado americano, Paul Dean, disse num comunicado online que Washington assumiu um “compromisso claro e forte” de que os humanos tinham controle total sobre as armas nucleares, acrescentando que a França e a Grã-Bretanha fizeram o mesmo.

“Gostaríamos de receber uma declaração semelhante da China e da Federação Russa”, disse Dean, principal vice-secretário adjunto do Departamento de Controle de Armas, Dissuasão e Estabilidade.

“Achamos que é uma norma extremamente importante de comportamento responsável e pensamos que é algo que seria muito bem-vindo num contexto P5”, disse, referindo-se aos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

As observações de Dean ocorrem no momento em que a administração do presidente dos EUA, Joe Biden, tenta aprofundar as discussões separadas com a China sobre a política de armas nucleares e o crescimento da inteligência artificial.

O Ministério da Defesa chinês não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A disseminação da tecnologia de inteligência artificial surgiu durante negociações abrangentes entre o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, em Pequim, em 26 de abril.

Os dois lados concordaram em realizar as suas primeiras conversações bilaterais sobre inteligência artificial nas próximas semanas, disse Blinken, acrescentando que partilhariam opiniões sobre a melhor forma de gerir os riscos e a segurança em torno da tecnologia.

Como parte da normalização das comunicações militares, as autoridades dos EUA e da China retomaram as discussões sobre armas nucleares em janeiro, mas não são esperadas negociações formais sobre o controle de armas tão cedo.

A China, que está expandindo as suas capacidades de armas nucleares, apelou em fevereiro para que as maiores potências nucleares negociassem primeiro entre si um tratado de não utilização inicial.



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

About

Appetite no humoured returned informed. Possession so comparison inquietude he he conviction no decisively.

Recent Post

  • All Post
  • Arte e Lazer
  • Cultura
  • Destaque
  • Educação
  • Esportes
  • Futebol
  • Novidades
  • Sem categoria
  • Social Media
  • Sports
  • Videos

© 2024 Criado em 2004