Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Festas Juninas: conheça os santos católicos celebrados durante o mês


Ao longo do mês de junho comemoramos uma das tradições mais queridas dos brasileiros: as Festas Juninas.

Além das bandeirinhas, das fogueiras e das muitas comidas típicas, as Festas Juninas ainda carregam uma das características mais fortes desde que os portugueses trouxeram o costume para o Brasil, ainda durante a colonização, a celebração dos santos católicos do mês de junho.

O mais famoso dentre eles, São João, é festejado no dia 24 pela Igreja Católica. Não à toa, em alguns locais do Brasil, as Festas Juninas são mais conhecidas como a celebração de São João.

Também são comemorados os dias de Santo Antônio e São Pedro, em 13 e 29 de junho, respectivamente.

A relação entre as Festas Juninas e a Igreja Católica

No Hemisfério Norte, o início do verão no mês de junho era tradicionalmente comemorado por religiões pagãs com costumes mais antigos que o cristianismo.

As festas pagãs celebravam a colheita, a fertilidade da terra e a fertilidade humana, mas não eram aceitas pela Igreja. Com o tempo, o cristianismo passou a incorporar e substituir as festividades da época por comemorações para os santos católicos de junho.

Festas Juninas foram abrasileiradas após terem sido trazidas de Portugal na época da colonização / Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As Festas Juninas foram trazidas ao Brasil com a tradição católica pelos portugueses e com o tempo foi sendo abrasileirada com elementos da nossa cultura, nossa culinária e nossa música. Mesmo assim, os três santos católicos do mês de junho seguem sendo celebrados no país.

Conheça os santos juninos

Santo Antônio – 13 de junho

Mosaico retrata Santo Antônio e Jesus Cristo, ainda bebê, em uma igreja de Istambul, na Turquia / Feng Wei Photography via Getty Images

Conhecido como o “santo casamenteiro”, Santo Antônio é comemorado neste dia por ter morrido em 13 de junho de 1231, tendo sido canonizado um ano depois pelo Papa Gregório IX.

Nascido em 15 de agosto de 1195 na cidade de Lisboa, em Portugal, seu nome de batismo era Fernando de Bulhões. Mesmo tendo nascido em meio à Corte Real, ele escolheu deixar a Corte para ingressar na Ordem dos Franciscanos.

A ele são atribuídos muitos milagres em vida, incluindo curas e premeditações, mas a alcunha de casamenteiro vem das histórias de que Santo Antônio mobilizava as pessoas mais abastadas para arrecadar recursos e prover o dote de mulheres pobres, para que elas pudessem se casar.

São João – 24 de junho

Vitral em uma igreja de Belluno, na Itália, retrata o momento no qual São João batizou Jesus Cristo / vesilvio via Getty Images

O santo mais lembrado nas Festas Juninas, São João é primo de Jesus, filho de São Zacarias e Santa Isabel. A data é comemorada no dia de seu nascimento, em 24 de junho de 1195.

Sua fama é tão grande que, em alguns lugares, ainda hoje as celebrações são chamadas de festas joaninas.

Segundo os relatos bíblicos, São João nasceu três meses antes de Jesus. Isabel recebeu a visita de sua prima, Maria, e, ainda bebê, João estremeceu no seio de Isabel, pois reconheceu em Maria a mãe do futuro salvador.

Também foi João que batizou Jesus Cristo, que depois o canonizou ainda em vida.

As fogueiras, um dos principais símbolos de nossa Festa Junina, também estão presentes na história do santo, pois foi com uma fogueira que Isabel teria avisado à sua prima Maria do nascimento de seu filho João.

É padroeiro dos doentes e dos casados.

São Pedro – 29 de junho

Estátua de São Pedro segurando “a chave para os céus” na Praça São Pedro, no Vaticano / David C Tomlinson via Getty Images

São Pedro foi o primeiro Papa da Igreja Católica, tendo o papado mais longo da história, por 37 anos. Ele nasceu no final do século 1 a.C., na Palestina, e recebeu o nome de Simão. Antes de virar apóstolo, ele era pescador.

Um dos discípulos mais próximos de Jesus e líder de seus seguidores, foi este quem mudou seu nome para Pedro, para indicar que ele seria a “pedra” sobre a qual ele ergueria sua igreja.

São Pedro é especialmente venerado no Nordeste, já que a ele é atribuída a responsabilidade e o poder sobre as chuvas. Este saber popular vem de uma passagem da Bíblia na qual ele recebe o poder do Espírito Santo e “a chave dos céus”.

É padroeiro dos viúvos, dos pescadores e do Papa.

https://stories.cnnbrasil.com.br/viagem/festa-junina-conheca-a-historia-por-tras-de-5-comidas-tipicas-que-nao-podem-faltar/



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

About

Appetite no humoured returned informed. Possession so comparison inquietude he he conviction no decisively.

Recent Post

  • All Post
  • Arte e Lazer
  • Cultura
  • Destaque
  • Educação
  • Esportes
  • Futebol
  • Novidades
  • Sem categoria
  • Social Media
  • Sports
  • Videos

© 2024 Criado em 2004