Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Marca de moda negra desafia empresas nas Olimpíadas – 04/07/2024 – Esporte


O jogo da moda nas Olimpíadas de Verão continua esquentando. O mais recente concorrente a se apresentar: a equipe da Nigéria, que estará vestida para a cerimônia de abertura, de encerramento, o pódio, a Vila Olímpica e a competição de pista e campo pela Actively Black, uma pequena marca em Los Angeles fundada em 2020 por Lanny Smith, ex-jogador profissional de basquete.

Para a Actively Black, uma empresa com apenas três funcionários, isso equivale a ganhar uma medalha de ouro antes mesmo de os Jogos começarem.

“Ver uma marca de propriedade de negros no mesmo palco global que Nike, Lululemon e Adidas faz com que todos comecem a nos ver de forma diferente”, disse Smith via vídeo de seu escritório em Los Angeles, pouco antes dos looks serem revelados. “É um momento importante para nós.”

A parceria com a Nigéria coloca a Actively Black em uma nova liga da moda, que não envolve apenas marcas esportivas, mas também os nomes da alta moda que vestem seus países para a cerimônia de abertura, como Berluti (a marca da LVMH que veste a equipe da França), Giorgio Armani (Itália), Ben Sherman (Reino Unido) e Ralph Lauren (Estados Unidos).

Unir-se a uma marca de moda de menor porte foi a estratégia escolhida pela Nigéria, que está enviando uma delegação de cerca de 200 atletas para os Jogos, para capturar atenção e entusiasmo, assim como a Libéria fez ao se unir à Telfar para seus looks olímpicos em 2021. (Embora a Actively Black tenha vestido os nigerianos que desfilaram na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em 2022, eram apenas dois; agora a delegação tem massa crítica.)

“Parte desse vibe da Nigéria é que você vai ficar bonito”, disse Smith. “Eu sei que temos que nos apresentar de uma forma que represente isso. Como ex-atleta, você ama essa competição, esse desafio.”

Como isso se parecerá na prática é uma combinação do que Smith chama de “tradicional e moderno”. Por exemplo, os trajes da cerimônia de abertura, apresentando um clássico padrão de bloco nas cores verde e branca da bandeira nigeriana, serão feitos de algodão Funtua, que leva o nome do estado nigeriano onde é produzido. Os homens usarão um colete longo sobre calças de treino justas com tubulação coordenada ao longo das pernas, uma silhueta inspirada no tradicional terno senator nigeriano popular entre políticos. As mulheres usarão um estilo derivado do clássico vestido buba. Cada um dos looks será acompanhado de adereços tradicionais na cabeça.

Os uniformes para as cerimônias de premiação, por outro lado, sobreporão a sombra da águia nigeriana nos materiais de desempenho da Actively Black. E os estilos da cerimônia de encerramento apresentarão um top inspirado no dashiki, combinado com calças largas brancas e, mais uma vez, chapéus gele e fila coordenados.

Os looks foram projetados por Jordan Jackson e Danielle McCoy da Amen, Amen. Studios em Portland, Oregon, a quem Smith chamou quando percebeu a extensão do compromisso olímpico. Os Amen, Amen. Studios, por sua vez, envolveram seus parceiros nigerianos, a Lekki Garment Factory e a Afrikstabel Textiles Productions, para ajudar no projeto.

Afinal, não é pouca coisa ajudar um país a se apresentar. Especialmente porque Smith nunca teve a intenção de entrar no vestuário esportivo.

Estrela do basquete da Universidade de Houston, ele foi draftado pelo Sacramento Kings em 2009. “A NBA era meu plano A, B e C”, disse ele. Uma lesão no ligamento cruzado anterior 33 dias após o início de sua carreira profissional pôs fim a essa ideia, levando-o a uma depressão profunda. Durante esse tempo, ele se refugiou na sua fé —e nas roupas. Em 2010, ele fundou a Active Faith Sports, uma marca esportiva cristã. (Imagine roupas esportivas e de performance com slogans como “Em nome de Jesus eu jogo” e você terá uma ideia.)

Dez anos depois, a Active Faith Sports levou à Actively Black, que foi inspirada pelo desejo de Smith de usar roupas para fazer o que o filme “Pantera Negra” havia feito: unir a comunidade negra. Especialmente após o que ele considerou marketing performático de outras marcas esportivas após o assassinato de George Floyd.

“Eu era um jogador de basquete de alto nível a partir do sexto ano”, disse Smith. “Eu recebia todos os melhores equipamentos da Nike quando era criança. E então você percebe que eles estão apenas procurando pelo próximo Michael Jordan, o próximo LeBron James, o próximo atleta para comercializar e vender produtos. Bilhões de dólares foram feitos com a cultura negra, o talento negro e o consumismo negro, e eu senti que essas marcas não tinham reinvestido adequadamente na comunidade negra.”

Ele decidiu que era hora “de parar de pedir um lugar à mesa e construir sua própria mesa.” A Actively Black foi lançada na Black Friday em 2020 como uma marca direta ao consumidor. Os fãs incluem Dwyane Wade, Ludacris, Steph Curry —e agora o Comitê Olímpico Nigeriano.

Smith foi conectado pela primeira vez à equipe da Nigéria por Seun Adigun, uma amiga de faculdade que representou a Nigéria como atleta de atletismo nos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 e depois fundou sua equipe de bobsled, que competiu nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. (Adigun foi a primeira atleta africana a competir nos Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno). Ela convocou Smith para desenhar os trajes de bobsled para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, mas a equipe não conseguiu se classificar, então, quando o planejado patrocinador do uniforme do país fracassou nos Jogos de Verão, ela contatou Smith novamente. Ele agarrou a oportunidade.

Para uma marca americana vestir a equipe nigeriana é uma prova, disse Smith, “que a Actively Black foi construída para a comunidade negra.”

“E quando digo isso, não me refiro apenas aos afro-americanos. Quero dizer que somos uma marca global para toda a diáspora.”

Smith disse que já estava recebendo ligações de outros países africanos e algumas delegações caribenhas sobre trabalhar juntos. “É uma oportunidade que não teríamos conseguido de outra forma”, disse ele. E não apenas para a marca.

Smith sempre sonhou em chegar às Olimpíadas. Depois de sua lesão, ele presumiu que isso nunca aconteceria. Mas em 26 de julho, ele marchará em Paris com a equipe da Nigéria – mais um passo, disse ele, em sua busca para se tornar “a versão da Nike de propriedade negra”.



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

About

Appetite no humoured returned informed. Possession so comparison inquietude he he conviction no decisively.

Recent Post

  • All Post
  • Arte e Lazer
  • Cultura
  • Destaque
  • Educação
  • Esportes
  • Futebol
  • Novidades
  • Sem categoria
  • Social Media
  • Sports
  • Videos

© 2024 Criado em 2004