Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

No esporte, às vezes é só mentirinha, ou exibição, ou pegadinha – 17/06/2024 – Sandro Macedo


Foi um fim de semana curioso, para dizer o mínimo, no mundo esportivo. Começou já com a repercussão das fortes declarações de Ronaldinho Gaúcho. O “pra mim já deu”, em relação ao futebol da seleção brasileira.

Muito do que o chamado Bruxo disse tinha cara de verdade e cheiro de verdade, como “Não vou assistir a nenhum jogo da Copa América nem vou comemorar vitória”, ou “nosso desempenho tem sido uma das piores coisas que já vi”.


Mas também tinha coisa esquisita, como dizer que a seleção tem só “jogadores medianos” e que “não tem líderes de respeito”. Declarações pesadas até para o craque Neto, quem dirá para o sossegado Gaúcho. Era para desconfiar.

No dia seguinte, veio a explicação. Era tudo brincadeirinha, pegadinha, só uma açãozinha de marketing de uma marca cujo principal objetivo é combater a sudorese. Ufa, Ronaldinho ama a seleção, que alívio.

Neymar, o pai, deve ter ficado irritado com a ação. “Meu filho, a marca, faria isso pelo mesmo valor e incluiria emojis”, deve ter pensado.


E enquanto a CBF dava orientações para jogadores da seleção, como não usar cabelo rosa, a FFF (a CBF francesa) permitia que seus jogadores fizessem manifestações políticas. E Mbappé, vejam só, foi à coletiva para pedir que os jovens votassem para impedir o avanço da extrema direita.

Porém, após a declaração do lateral Yan Couto, agora de cabelo natural, a CBF negou o veto às madeixas cor-de-rosa do lateral. Teria sido pegadinha do Ronaldinho Gaúcho? Ação de marketing da Koleston? Teremos que aguardar a nova entrevista de Couto.

Depois teve o incrível caso Dudu, o homem que foi sem nunca ter ido. O time de Minas anunciou o atacante encostado no Palmeiras em notícia bombástica. O Palmeiras não negou. E parecia que o negócio estava certo.

Atenção, enquanto este parágrafo está sendo escrito, Dudu pode estar assinando com o Cruzeiro.

No entanto, parte de uma torcida organizada procurou Dudu, e ele aparentemente voltou atrás. Este escriba imagina que essa parte da torcida não procurou a outra parte da torcida, que entendia que era um bom negócio se livrar do jogador mais bem pago do elenco que não está jogando e ainda se recupera de contusão. O fato é que Dudu parece que fica… ou não.

Atenção, enquanto este parágrafo está sendo escrito, Dudu já está treinando no CT palmeirense.

Atenção, não dá para dizer mais nada sobre o caso.

Como acontece nas melhores discussões políticas de “A Casa do Dragão”, não importa o desfecho dessa história, alguém sairá queimado.

E ainda, no mesmo fim de semana, teve a luta do século de Anderson Silva e Chael Sonnen. Mas era só exibição, apenas não tinham avisado o planeta. O empurra-empurra do gigante Carlos Miguel, goleiro do Corinthians, com os hobbits Calleri e Luciano, do São Paulo, foi mais emocionante que Silva x Sonnen.

Aliás, deveriam parar de usar expressões como “luta do século”, “última dança”, “última dança de Messi” e “bora lá”. Este escriba não aguenta mais ouvir nenhuma delas. Messi já teve tanta última dança que pode representar a Argentina no breaking, em Paris.

E ainda teve no fim de semana o melhor meme do Brasileiro, com uma menina obrigada a usar a camisa do Fluminense pelo padrinho, que estava levando a família ao Maracanã. “Você torce para o Fluminense?”, perguntou o repórter. “Não”, respondeu a menina, com carinha triste. “Qual o seu time?”, continuou o jornalista. “Vasco“.

No dia seguinte, o Vasco, em bela ação, convidou a menina e a mãe para assistirem ao jogo contra o Cruzeiro com a camisa cruz-maltina. No fim, Fluminense perdeu, Vasco empatou e os dois não jogaram nada. E a pequena Mimi ainda tem tempo de arrumar outro time. Que draga.



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

© 2024 Criado em 2004