Projetos sustentáveis desenvolvidos na Escola Técnica de Saúde de Cajazeiras são apresentados em evento nacional

Projetos sustentáveis desenvolvidos na Escola Técnica de Saúde de Cajazeiras são apresentados em evento nacional


Projetos de sustentabilidade desenvolvidos na Escola Técnica de Saúde de Cajazeiras (ETSC), da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), foram apresentados no 20º Congresso Nacional de Meio Ambiente, realizado de 19 a 22, em Poços de Caldas, MG, e promovido pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC. O objetivo do evento foi estimular as boas práticas de sustentabilidade nas instituições da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica (EPCT).

“O escopo principal dos nossos projetos é reutilizar os resíduos e reciclar sólidos produzidos nos espaços administrativos da Escola, cuja destinação final era ambientalmente inadequada”, explica a diretora da ETSC, Danielly Lopes, que integrou a comitiva da instituição, juntamente com o professor José Ferreira Lima e o servidor técnico-administrativo José Roberto Lucena.

Dentre os projetos desenvolvidos na ETSC, destaca-se a produção sustentável de coletores ecológicos e folhas de papel a partir dos resíduos sólidos, bem como projetos de produção de Tecnologias Cuidativo-Educacionais (TEC) sustentáveis para crianças e adolescentes de escolas públicas, a produção de peças de sistemas de encaixe para seletividade alimentar de crianças autistas, além de Tecnologias Cuidativo-Educacionais (TEC) para promoção de saúde da mulher.

Uma tela sustentável pintada pela aluna Maria Marcela da Silva, do 1º ano do Ensino Médio, foi presenteada ao diretor de Desenvolvimento da Rede Federal da EPCT, Marcelo Bregagnoli. A obra é fruto do projeto Ateliê de artes: pinturas e desenhos em telas sustentáveis produz telas a partir dos resíduos de papel e da água proveniente dos condicionadores de ar da ETSC.

COM INFORMAÇÕES DA UFCG





Fonte da Notícia