Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Selo de fundador fascista da Roma desencadeia protestos – 06/06/2024 – Esporte


Foi lançado nesta quinta-feira (6) um selo comemorativo em homenagem ao fundador da AS Roma, tradicional clube de futebol da Itália. A imagem de Italo Foschi foi revelada no Ministério da Indústria, provocando críticas de grupos judaicos e partidos de oposição.

Foschi fundou a equipe da Roma em 1927. Ele também foi um militante ativo no Partido Nacional Fascista, de Benito Mussolini, e esteve envolvido em vários ataques documentados contra oponentes políticos.

Ele foi temporariamente removido de cargos de liderança no partido por causa de seu gosto pela violência, apenas para ser reintegrado e posteriormente receber um cargo sênior na administração fascista estabelecida no norte da Itália, ocupado pelos nazistas em 1943.

“Italo Foschi não é simplesmente o fundador da AS Roma. Ele foi o homem de confiança que o fascismo italiano colocou no controle da cidade de Roma em 1923”, disse Francesco Filippi, historiador especialista em fascismo.

Celebrá-lo com um selo é “de mau gosto, para dizer o mínimo”, acrescentou Filippi, especialmente dada a proximidade com o centenário do assassinato do líder socialista Giacomo Matteotti, morto por capangas quando Foschi liderava os fascistas em Roma.

O Ministério da Indústria é chefiado por Adolfo Urso, membro do partido Irmãos da Itália, da primeira-ministra Giorgia Meloni, primeira chefe de governo da Itália ultradireitista desde o próprio Mussolini.

Urso não comentou a polêmica, mas seu ministério tentou minimizar a importância do selo por meio seu chefe de gabinete, Federico Eichberg. Este disse que o selo apenas celebra “uma família esportiva e seu fundador”.

Tanto o ministério quanto a AS Roma rejeitaram qualquer motivação política por trás do selo, afirmando que a afiliação fascista de Foschi não foi levada em consideração.

No entanto, a comunidade judaica em Veneza disse que o novo selo enviou um sinal muito negativo, enquanto o Partido Democrático, de oposição de centro-esquerda, pediu que Urso revogasse “a vergonhosa decisão”.

Urso não estava presente na cerimônia de revelação na quinta-feira, mas deve comparecer à apresentação de um selo comemorativo para Matteotti na próxima segunda-feira (10)– o centenário de seu assassinato.

O fascismo “foi um erro juvenil por parte de Foschi, como muitos outros”, disse Eichberg, insistindo em minimizar a polêmica.

O historiador Filippi não concordou. Para ele, Foschi “foi um dos piores representantes do regime fascista italiano”. “Dedicar um selo a ele é mais um tapa na cara da memória coletiva da Itália”, concluiu.



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

© 2024 Criado em 2004