Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Stellantis vai fabricar carros eletrificados em MG ainda em 2024


A Stellantis revelou nesta segunda-feira (20) que vai fabricar carros eletrificados em sua planta de Betim (MG) ainda em 2024. A empresa, dona de Fiat, Jeep, Citroën e Peugeot, entre outras marcas, cogita inclusive a produção de um modelo inédito no país.

Os planos incluem a renovação da linha de modelos produzidos em Betim, como os populares Fiat Strada, além de Argo, Pulse e Fastback. Entre esses novos produtos, destacam-se os equipados com a tecnologia Bio-Hybrid, que combina motor flex com um ou mais motores elétricos. Os primeiros chegam ao mercado no segundo semestre de 2024.

Já entre os novos produtos, a expectativa é pela possível chegada do Jeep Avenger. O modelo é um SUV abaixo do Renegade que tem feito muito sucesso na Europa. O carro poderia ser uma das novidades da fábrica de Betim com a tecnologia Bio-Hybrid.

Questionado especificamente sobre o Avenger, o CEO da Stellantis para a América do Sul, Emanuele Cappellano, não confirmou a novidade, mas declarou que o modelo é adequado ao line-up da empresa no Brasil.

Cappellano destacou que todos os produtos da linha têm capacidade de receber algum tipo de eletrificação, incluindo os modelos de entrada e mais baratos. Mas, em um primeiro momento, Fastback e Pulse deverão receber conjuntos híbrido-flex (leia mais detalhes abaixo).

A Stellantis informou que o investimento de R$ 14 bilhões em Minas Gerais, no ciclo de 2025 a 2030, será o maior já feito pela empresa no estado desde que chegou ao Brasil, em 1976. O valor faz parte dos R$ 32 bilhões anunciados para a América do Sul. Em março, o conglomerado já havia confirmado um aporte de R$ 13 bilhões para sua planta em Goiana (PE).

“Com este novo investimento de R$ 14 bilhões, vamos dar sequência ao incrível legado desta fábrica, direcionando o valor para renovar nossa linha de produtos, desenvolver novas tecnologias e gerar novos empregos”, disse o CEO da empresa, após receber a visita do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo).

O ciclo de investimentos de R$ 32 bilhões servirá para o lançamento de 40 novos produtos e 8 powertrains e iniciativas de descarbonização na cadeia de suprimentos automotiva. No caso de Betim, o aporte não visa ampliar a capacidade produtiva, mas modernizar os produtos, diante da investida de carros chineses na região. O investimento permite ainda a produção de carros elétricos no Brasil.

Trabalhadores da  Stellantis operam linha de montagem em fábrica em Betim, MG / 20/05/2020 REUTERS/Washington Alves

A empresa também prevê outros R$ 454 milhões, fruto da etapa anterior de investimento, para ampliar a capacidade de produção e atingir a marca de 1,1 milhão de motores por ano. O objetivo é produzir motores flex de alta eficiência e baixas emissões, que serão associados às tecnologias de hibridização.

As tecnologias Bio-Hybrid foram desenvolvidas pelo Tech Center Stellantis na América do Sul, em parceria com fornecedores, pesquisadores e outros parceiros que compõem o ecossistema de inovação da empresa. A flexibilidade dessas tecnologias permite sua aplicação em diferentes modelos produzidos pela Stellantis em todos os seus polos automotivos na região.

As quatro plataformas eletrificadas previstas pela Stellantis no país são:

Bio-Hybrid: introduz uma abordagem de entrada na eletrificação, voltada para carros mais acessíveis. Utiliza um dispositivo elétrico multifuncional para gerar torque adicional ao motor térmico e carregar a bateria adicional de lítio-íon de 12 volts.

Bio-Hybrid e-DCT: segundo nível de eletrificação, apresenta dois motores elétricos e uma bateria de lítio-íon de 48 volts. Foco em eficiência e economia, com gestão eletrônica que permite operação térmica, elétrica ou híbrida.

Bio-Hybrid Plug-in: terceiro nível, possui uma bateria de lítio-íon de 380 volts recarregável por diferentes fontes. Similar ao sistema presente no Compass 4Xe, mas com produção local.

BEV (100% Elétrica): totalmente movido por um motor elétrico de alta tensão. Bateria recarregável de 400 volts, proporcionando torque instantâneo e desempenho responsivo.

Plataformas híbridas que serão fabricadas no Brasil
Plataformas híbridas que serão fabricadas no Brasil / Divulgação



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

© 2024 Criado em 2004