Bem vindo ao CanalNoite A Sua Noite Passa por Aqui + de 20 anos no ar

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Tempestades matam pelo menos 30 pessoas na América Central


Pelo menos 30 pessoas morreram e milhares foram forçadas a sair de suas casas enquanto tempestades e fortes chuvas continuam a atingir a América Central, de acordo com autoridades locais.

As autoridades de El Salvados disseram nesta sexta-feira (21) que o número de mortos chegou a 19 pessoas, incluindo seis crianças. Mais de 3 mil pessoas permanecem em abrigos temporários.

“Devemos salvar a vida das pessoas”, disse Luis Amaya, que dirige a agência de proteção civil de El Salvador, a repórteres. “Bens materiais vêm e vão, mas agora devemos nos concentrar em proteger vidas”, acrescentou.

As autoridades de Guatemala relataram 10 mortes nesta sexta-feira (21). Segundo contagem, quase 11 mil pessoas tiveram que sair da região, e perto de 380 ainda estão em abrigos temporários. Há 300 danos graves e quatro pontes destruídas no país.

Enquanto isso, Honduras relatou 1 morte e mais de 1.200 desabrigadas – cerca de 300 nas últimas 24 horas. As autoridades disseram que as chuvas isolaram 180 comunidades e destruíram 22 casas.

No México, as autoridades preveem chuvas fortes na maior parte do país e chuvas torrenciais em seções das costas do Pacífico e do Atlântico. Regiões do interior também sentiram impacto com raios, ventos fortes, possível granizo e inundações ao redor dos rios.

As chuvas levaram as autoridades a retirar cerca de 80 pessoas de um hospital infantil no estado mexicano de Oaxaca na quinta-feira (20).

Contudo, o fenômeno também foi um reabastecimento bem-vindo aos reservatórios atingidos pela seca em todo o país, atualmente com cerca de um terço da sua capacidade.

Autoridades mexicanas alertaram sobre velocidades de vento de até 70 km por hora e ondas de até 3 metros ao redor das costas do Golfo e do Caribe.

As chuvas foram devidas a canais de baixa pressão interagindo entre si em grande parte do país, assim como um vale de monções que atraiu o ar úmido do oceano desde o Pacífico Norte, disse o Centro Nacional de Furacões americano.

Os eventos no México foram impulsionado pelos remanescentes da Alberto, a primeira tempestade tropical nomeada da temporada de furacões no Atlântico.

Alberto causou pelo menos quatro mortes ao passar pelo nordeste mexicano esta semana.

O Centro Nacional de Furacões dos EUA previu que as fortes chuvas continuariam no sul do México e no norte da América Central, trazendo tempestades até o sul, como na Costa Rica e no Panamá, no fim de semana.



Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Edit Template

About

Appetite no humoured returned informed. Possession so comparison inquietude he he conviction no decisively.

Recent Post

  • All Post
  • Arte e Lazer
  • Cultura
  • Destaque
  • Educação
  • Esportes
  • Futebol
  • Novidades
  • Sem categoria
  • Social Media
  • Sports
  • Videos

© 2024 Criado em 2004