Just Another WordPress Site Fresh Articles Every Day Your Daily Source of Fresh Articles Created By Royal Addons

Want to Partnership with me? Book A Call

Popular Posts

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Penalidade Máxima: entenda investigação de apostas – 11/05/2023 – Esporte

[ad_1]

Está em curso uma investigação que analisa a manipulação de partidas de futebol no Brasil. O Ministério Público de Goiás (MP-GO) identificou situações em que jogadores foram abordados para forçar cartões ou cometer pênaltis, com o objetivo de ganho ilícito em sites de apostas esportivas.

Foram deflagradas até o momento duas etapas da Operação Penalidade Máxima. A primeira, em fevereiro, mirava duelos da Série B do Campeonato Brasileiro de 2022. Na segunda, em abril, o escopo cresceu e passou a incluir disputas da Série A e de alguns torneios estaduais.

Uma quadrilha foi apontada pelo MP-GO, e a Justiça acatou as denúncias, transformando em réus mais de 20 pessoas, entre aliciadores e jogadores. Alguns desses atletas foram afastados por seus clubes, mas a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), por ora, não fala em interromper competições.

O que é a Operação Penalidade Máxima?

A Operação Penalidade Máxima é uma operação do Ministério Público de Goiás (MP-GO) que investiga a manipulação de partidas de futebol. Há indícios de que houve fraudes em partidas do Campeonato Brasileiro de 2022 (Série A e Série B), do Campeonato Paulista de 2023 e do Campeonato Gaúcho de 2023.

Qual é a manipulação? Trata-se de manipulação de resultados?

Não. Ao menos não diretamente. De acordo com a investigação, aliciadores abordaram jogadores para que eles tomassem cartão amarelo ou cartão vermelho de propósito. Em outros casos, a aposta era na marcação de um pênalti. Evidentemente, advertências, expulsões e penais influenciam o resultado, mas as apostas suspeitas, pelo que se sabe até agora, não eram no placar dos jogos.

Por que a investigação tem sido conduzida pelo Ministério Público de Goiás?

A primeira denúncia partiu do presidente de um clube de Goiânia, o Vila Nova. Diz o MP-GO que o volante Romário topou receber R$ 150 mil para cometer um pênalti na partida contra o Sport, pela Série B. Mas ele não foi relacionado nem para o banco de reservas e, ainda segundo o MP, tentou convencer companheiros a fazer o serviço. A história chegou ao presidente do Vila Nova, Hugo Jorge Bravo, que é major da Polícia Militar de Goiás e levou o caso ao Ministério Público.

Quais são os jogos sob investigação?

Campeonato Brasileiro 2022 (Série A)

  • Palmeiras x Juventude (10.set)
  • Juventude x Fortaleza (17.set)
  • Ceará x Cuiabá (16.out)
  • Goiás x Juventude (5.nov)
  • Red Bull Bragantino x América-MG (5.nov)
  • Santos x Avaí (5.nov)
  • Palmeiras x Cuiabá (6.nov)
  • Botafogo x Santos (10.nov)

Brasileiro Série B 2022

  • Sport x Operário-PR (28.out)
  • Criciúma x Tombense (5.nov)
  • Sampaio Corrêa x Londrina (5.nov)
  • Vila Nova x Sport (6.nov)

Campeonato Paulista 2023

  • Red Bull Bragantino x Portuguesa (21.jan)
  • Guarani x Portuguesa (8.fev)

Campeonato Gaúcho 2023

  • Bento Gonçalves x Novo Hamburgo (11.fev)
  • Caxias x São Luiz (12.fev)

De acordo com o MP-GO, “algumas partidas seguem em investigação em outro procedimento criminal, Luverdense x Operário de Várzea Grande (MT) e Goiás x Goiânia entre elas”.

Quantos jogadores foram denunciados?

O MP-GO denunciou 15 atletas. A Justiça de Goiás acatou a denúncia, o que os tornou réus. Outros jogadores são citados nas investigações, mas não foram denunciados. Ainda assim, por precaução, vários deles foram afastados por seus clubes.

Qual foi o valor pago aos atletas pelos aliciadores?

O pagamento variava entre R$ 50 mil R$ 80 mil. Foram registradas ofertas de até R$ 500 mil. No momento do acerto, havia o pagamento de um sinal. Concluída a manipulação, o atleta recebia o restante.

A investigação apontou a participação de árbitros no esquema fraudulento?

Até o momento, as investigações divulgadas apontam apenas a participação de atletas em conluio com a quadrilha de apostadores. Não há menção a árbitros.

Os clubes e os sites de apostas também são considerados suspeitos?

Não. Neste momento, clubes e sites são tratados como vítimas do esquema.

Quais são as possíveis punições para os envolvidos?

Na esfera criminal, os membros do grupo que comandava a aposta responderão por “prática de organização criminosa” (três a oito anos de reclusão). Já os jogadores foram citados por dar ou aceitar vantagem “para falsear o resultado de competições esportivas” (dois a seis anos de reclusão). Na esfera esportiva, os atletas estão sujeitos a multas de até R$ 100 mil e suspensão de até dois anos; em caso de reincidência, existe a possibilidade de banimento do esporte.

[ad_2]

Fonte da Notícia

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Edit Template

© 2023 Created with Royal Elementor Addons